logo da COMIL
Otimizar o tempo de atravessamento dos pedidos na Comil Ônibus SA
Presente nas ruas e estradas de mais de 30 países, a COMIL Ônibus S.A. é uma das principais montadoras de ônibus do Brasil. Possui uma completa linha de veículos que inclui ônibus rodoviários, urbanos, micros e especiais, produzidos através de criteriosos estudos de mercado.

O desafio

Sempre focada em utilizar novos processos e tecnologias, a Comil Ônibus SA precisava otimizar sua produção e reduzir o tempo médio de orçamentação, tendo em vista o aumento na demanda e o elevado índice de horas extras.
Além de reduzir retrabalhos e custos operacionais, a empresa tinha necessidade de desvincular a gestão de processos da área de TI.

Os resultados

A Comil iniciou o projeto de gestão de processos de negócios (BPM) nos primeiros meses de 2010. O sistema auxiliou a distribuição de novas versões dos processos com agilidade e sem paradas. As métricas das instâncias de processos foram coletadas e disponibilizadas em telas de LCD por toda a fábrica para o acompanhamento da execução das tarefas em tempo real.
Com apoio da plataforma de automação de processos Intalio BPMS CE, consultoria da PROJELER e demais consultorias de manufatura enxuta e lean administrativo, a empresa aumentou de 12 para 19 o número de unidades produzidas por dia com o mesmo número de 3.000 funcionários e reduziu o tempo médio de orçamento de cada ônibus de 152 para 34 horas. Resultados que levaram a Comil a um faturamento de R$ 550 milhões em 2011.
Hoje, o processo automatizado abrange até mesmo o chão de fábrica, incluindo cinco linhas de produção. Nestes locais foram disponibilizados mais de 50 iPads que, usados por aproximadamente 600 colaboradores, que fazem uso diário das telas. O sucesso da iniciativa e a cultura de inovação da Comil já levaram ao desenho de futuras fases do projeto, incluindo a implantação de escritório de projetos e de processos.

A Solução

A Comil adotou uma plataforma de gerenciamento de processos corporativos que possibilitou o mapeamento de toda sua cadeia produtiva. Esse conhecimento foi essencial para que a empresa identificasse quais fases poderiam se tornar mais eficientes. Com o conhecimento da cadeia de valor e a arquitetura de processos, a Comil foi capaz de ter essa visão sistêmica e, então, priorizar com mais assertivamente as devidas melhorias.

Próximos Desafios

Novas fases serão acrescidas ao projeto, incluindo a implantação de escritório de processos e projetos.
Um fator muito positivo na Comil é a cultura da empresa que absorve mudanças. No caso deste projeto o BPMS auxiliou em muito para a distribuição de novas versões dos processos com agilidade e sem paradas. As métricas das instâncias de processos foram coletadas com conexão SQL e disponibilizadas em telas de LCD por toda a fábrica para o acompanhamento da execução das tarefas em tempo real.

Apresentação no evento BPM Day