logo da FECOERGS
Otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia elétrica pela FECOERGS na COPREL
A missão do Sistema FECOERGS é representar política e institucionalmente as cooperativas, incentivando a distribuição, geração de energia elétrica e a implantação de sistemas de telecomunicações para a consolidação de suas afiliadas.
O Sistema FECOERGS é composto por 23 cooperativas de distribuição e geração de energia elétrica, atuando nas regiões de produção agropecuária do RS, na área rural de 358 municípios e 72 sedes municipais, beneficiando a mais de um milhão de gaúchos.
O trabalho desenvolvido pelas cooperativas, desde 1941, proporciona desenvolvimento e melhor qualidade de vida.

O desafio

Para realizar o Programa de Padronização que consiste na unificação dos Métodos de Trabalho das cooperativas, o Sistema Fecoergs priorizou otimizar e automatizar o processo de solicitação de fornecimento de energia elétrica utilizando-se das ferramentas e técnicas com base na disciplina de Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM).
Um único número de identificação para a solicitação com ou sem projeto para evitar a necessidade de abrir outro processo após a obra concluída e, consequentemente, atender a exigência da Aneel para ter um único número de protocolo de atendimento.

Os resultados

Redução do número de ligações para o DISCOPREL (Central de Tele Atendimento): informar consumidor em tempo real via SMS e/ou e-mail sobre o andamento da solicitação.
Redução do custo de atendimento: controles e identificação automática de débitos de sócios e prestadores de serviços.
Menor consumo de tempo: Redução do tempo de atravessamento do processo; menor tempo entre a solicitação e a ligação; diminuição de retrabalho; alocação de recursos em paralelo.
Agilidade: acompanhamento do cumprimento de prazos; relatórios sem a necessidade de preparo prévio e tabulação de dados em planilhas; consulta automática de débitos integrada ao processo.
Confirmação da emissão da primeira fatura: garantia que todas ligações de energia elétrica serão faturadas a partir do primeiro consumo.
Maximização do investimento: possibilidade de replicação nas demais cooperativas; mudanças de regras no processo automatizado de fácil manutenção pelo pessoal treinado.

Próximos Desafios

Novas fases serão acrescidas ao projeto, incluindo a implantação de escritório de processos e projetos.
Um fator muito positivo na Comil é a cultura da empresa que absorve mudanças. No caso deste projeto o BPMS auxiliou em muito para a distribuição de novas versões dos processos com agilidade e sem paradas. As métricas das instâncias de processos foram coletadas com conexão SQL e disponibilizadas em telas de LCD por toda a fábrica para o acompanhamento da execução das tarefas em tempo real.

Apresentação no evento BPM Day