Metodologia
A Metodologia Projeler define a estrutura de trabalho sobre a qual todos os nossos serviços são executados.


Simples, de fácil entendimento e ao mesmo tempo abrangente, nossa metodologia cobre todas as etapas necessárias para o sucesso de iniciativas de Gerenciamento de Processos de Negócio.
Coerente, constrói gradativamente, a partir de entregas claras, as fundações necessárias para sustentar o Gerenciamento de Processos de Negócio como um poderoso instrumento de gestão.

Desdobramento da estratégia

A partir do levantamento da intenção estratégica do negócio, das suas políticas e regras de negócio e das expectativas dos respectivos grupos de interessados, constroem-se as Cadeias de valor e a Arquitetura de Processos da organização, cujos objetivos e metas são alinhados aos objetivos e metas estratégicos do negócio, subsidiando a aprovação do roadmap de iniciativas de BPM.
Os serviços que compõem a perspectiva Desdobramento da Estratégia são multifuncionais com foco na gestão do negócio, contemplando, o alinhamento dos processos à estratégia, a criação de uma Arquitetura de Processos, um roadmap de iniciativas de BPM, a implementação de um Escritório de Processos e o estabelecimento de uma Governança que sustente a melhoria contínua, entre outros.

Saiba mais em Construção da Arquitetura de Processos de Negócio

Projeto de melhoria de processo e ciclo de transformação

A partir da escolha dos processos que serão melhorados, inicia-se a fase Planejar Projeto, que tem entre seus objetivos definir e comunicar o escopo, o esforço, os recursos e os critérios de sucesso para o projeto, além de estabelecer as premissas para assegurar a consistência na entrega e a sustentabilidade da Gestão por Processos como disciplina de gestão.
A seguir, executa-se uma revisão do escopo do processo, em que serão compreendidas e documentadas suas tarefas, atores e respectivas trocas, identificando indicadores de desempenho do processo, regras de negócio e de agências regulatórias, processos de suporte/gerenciamento e recursos necessários para sua execução.
Uma análise do processo atual identificará oportunidades de melhoria, eliminando e/ou reduzindo gargalos, cancelando tarefas que não agreguem valor, reduzindo o número de passagens de controle (handoffs) do processo, identificando as causas-raiz de ineficiências, além de apontar e implantar mudanças de ganhos rápidos e estabelecer objetivos e metas para o novo processo.
A partir da aprovação de um Plano de Negócios que comprove os benefícios da mudança, é traçado o Plano de Implementação que orientará as ações para construção e testes de um piloto do novo processo, incluindo, eventualmente, automações e integrações com outros sistemas de tecnologia de informação.
Concomitantemente, é preparado o Plano de Implantação que orientará as ações de Gestão da Mudança e alinhará recursos humanos e de tecnologia da informação necessários ao sucesso da transformação do processo quando entrar em operação.

Saiba mais em Prova de Conceito (PoC) com Camunda BPM

Gestão do dia a dia e ciclo de manutenção do processo

A perspectiva de Melhoria de Processo inclui atividades necessárias para identificar, documentar, modelar, analisar e redesenhar processos de negócio com o objetivo de aumentar seu desempenho. A partir do planejamento de um Projeto de Melhoria de Processos, temos o escopo, equipes envolvidas, esforço, recursos e critérios para seu sucesso definidos.
Em seguida são construídos modelos que representam como o trabalho atualmente é executado, identificando causas de problemas, medindo o processo e documentando ganhos rápidos.
Alternativas para implementação de melhorias no processo são apresentadas; analisando-se a relação de seus custos x benefícios, aprova-se um Plano de Implementação.
Eventuais automações, criação de novas políticas e/ou regras de negócio, testes e cenários são desenvolvidos e validados para que o processo piloto, uma vez ajustado para atender aos objetivos acordados, possa entrar em operação.
Em paralelo, são planejadas as atividades de gestão da mudança para o alinhamento dos recursos humanos e de tecnologia da informação necessários ao suporte do processo.